Chelsea passa sufoco, mas vence última partida antes do Mundial

Na última partida antes do embarque para o Mundial de Clubes, o Chelsea encontrou dificuldade para derrotar, de virada, o Plymouth Argyle, pela quarta fase da Copa da Inglaterra, com um gol na prorrogação. Apesar de ter sido superior praticamente durante todo o confronto, o resultado apertado dos Blues pode dar esperança ao torcedor do Palmeiras.

O Chelsea não contou com Tomas Tüchel à beira do gramado, já que o técnico testou positivo para Covid-19 momentos antes do confronto. Com isso, o alemão não acompanha a delegação na viagem para Abu Dhabi, mas vai para o Mundial assim que for liberado.

Mesmo sem o treinador, os Blues entraram em campo com muitos titulares, como Lukaku, Jorginho, Kovacic, Ziyech e Rüdiger. A partida só não foi para a cobrança de pênaltis porque o goleiro Kepa defendeu uma penalidade máxima cobrada por Hardiel no fim do segundo tempo da prorrogação.

O Plymouth abriu o placar aos 7 minutos da etapa inicial. Após cobrança de falta pela esquerda, o zagueiro Gillesphey cabeceou para o fundo das redes. O Chelsea reagiu e acertou três bolas na trave até o gol de empate, marcado aos 40 minutos, por Azpilicueta.

Ao longo dos 90 minutos, os Blues foram superiores, mas perderam muitas oportunidades e mostraram dificuldade na parte defensiva. O gol da vitória veio aos 15 minutos do primeiro tempo da prorrogação, com Marcos Alonso. No fim, o Plymouth Argyle partiu para cima e teve um pênalti a seu favor, defendido por Kepa.

O Chelsea estreia no Mundial de Clubes na quarta-feira (9), às 13h30min. O adversário do time inglês na semifinal da competição será decidido neste domingo (6), às 13h30min, entre Al Hilal e Al Jazira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ULTIMAS NOTÍCIAS